segunda-feira, 2 de maio de 2011

Vamos ouvir os "dois lados"

Hoje li uma matéria jornalística afirmando que o lançamento da "coleção inverno 2011" de sapatos e acessórios da empresa Arezzo "reacendeu, na última segunda-feira, a antiga discussão entre defensores de direitos dos animais e fashionistas: usar pele natural é correto?"

Não sei qual é a grande "polêmica" que certas mídias dizem existir quando abordam assuntos de direito animal no país. Qual a justificativa, afinal, para continuarmos usando animais? Não há por que matá-los se não temos a necessidade... qual seria o argumento?

Ainda assim, muitas mídias tratam o assunto como uma questão "não respondida" ou então "em aberto". Até quando? Onde está o nosso bom senso? Se o estupro não é caso exclusivo de feministas, a crueldade contra animais não é caso exclusivo de "defensores" - nem a degradação do ambiente é causa de "ambientalista", igualmente. A causa é de qualquer um que esteja ao alcance.

O que eu penso sobre "ouvir" os dois lados:



A tempo, o vídeo é uma mera ilustração.

Após protestos, Arezzo recolhe produtos com peles de animais
Protesto no 3º dia do Donna Fashion DC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.